Aluguel no Canadá

ELISABRENNERbrasileiras pelo mundoLeave a Comment

Para quem não sabe ainda, eu sou colunista colaboradora do blog Brasileiras Pelo Mundo, um blog super legal e completo, em que mulheres de diversos países do mundo escrevem para contar as suas experiências em diversos planos da vida, desde a maternidade e adaptação das crianças em um país novo, até sobre questões políticas um pouco mais polêmicas.No mês de julho saiu um texto meu em que eu conto um pouquinho sobre como funciona o aluguel no Canadá:

Quando alguém se muda de país uma das principais questões é sobre moradia. Ao chegar em uma cidade nova é importante já ter algo planejado para os primeiros dias e para isso existem muitas opções como hotéis, hostels, casa de amigos e até o Airbnb (um serviço comunitário online para as pessoas anunciarem, descobrirem e reservarem acomodações). Mas depois de algumas semanas, a necessidade emocional e financeira de ter um lugar pra chamar de casa aperta e é preciso partir para o aluguel.

No Canadá a temporada das mudanças começa na medida em que as temperaturas sobem. Durante o final da primavera, quando a oferta e a procura são maiores, é bem mais fácil achar o imóvel ideal. As opções são infindáveis e é possível agradar a gregos e troianos.

Dentre os tipos de casas existem aquelas mais velhas e, por esta razão, mais baratas, o que pode ser um problema no inverno, já que o sistema de aquecimento pode não funcionar tão bem quanto deveria. Ainda na categoria casa, é muito comum que as pessoas aluguem apenas o basement, que é o porão da casa, que geralmente é bem grande e, por isso, é perfeitamente possível que uma família more na casa e outra no porão de forma totalmente independente.

Os apartamentos das cidades canadenses geralmente são torres pequenas de quatro a oito andares, com exceção dos prédios mais novos e aqueles localizados nos centros das cidades. O valor do aluguel irá variar de acordo com o tamanho do apartamento (quantidade de quartos) e altura (unidades mais altas geralmente são mais caras). Por aqui, também é possível alugar um imóvel inteiro ou apenas um quarto, nesse caso, o resto da casa/apartamento, como banheiros, cozinha, sala e lavanderia, será dividido com os outros inquilinos.

Com o advento da internet, os anúncios de aluguel em jornais locais e plaquinhas de “aluga-se” estão bem escassos, mas ainda é possível encontrar um lugar legal pelo jeito tradicional – eu e meu noivo encontramos a casa que alugamos através de um anúncio fincado no jardim. Online é possível procurar imóveis para aluguel e venda em muitos sites; um dos mais famosos é o rentseeker.ca, porém existem vários outros como o kijiji.ca, onde é possível anunciar, comprar e alugar de quase tudo, desde carros, casas e apartamentos, móveis, eletrodomésticos e até animais de estimação.

Uma curiosidade bem legal sobre os imóveis canadenses é que quase sempre eles são vendidos ou alugados com os eletrodomésticos básicos como forno, fogão, geladeira e microondas, sendo que alguns também terão máquina de lavar louças e lavanderia. Não são todas as casas que são equipadas com lavanderia; nesse caso, você pode comprar os eletrodomésticos e montar a sua, ou lavar suas roupas em alguma coin-wash , lavanderias self-service em que você paga para usar a máquina de lavar e secar usando um sistema de moedas ou fixas. No caso dos apartamentos, naqueles que não disponibilizam lavanderias in-suite, isto é, dentro do apartamento, geralmente existe uma lavanderia no prédio para os moradores.

É difícil dizer o valor médio do aluguel no Canadá, já que o país é muito grande e os valores variam bastante, porém a última pesquisa publicada no website do CTV News estabeleceu em 2015 a média de valores de aluguel desde bachelors, apartamentos de um único cômodo, conhecidos como flats ou conjugados no Brasil, até apartamentos de três quartos, e concluiu que os maiores valores se encontram nas áreas que circundam as duas maiores cidades do país, Toronto e Vancouver.

Segundo essa pesquisa, a cidade de Markham, em Ontário, é a cidade mais cara para se alugar um conjugado, com preços médios de 1.057 dólares canadenses por mês, e a cidade de Saguenay, em Quebec, a mais barata, com uma média de 374 dólares canadenses por mês. Para os apartamentos de um quarto, a cidade com a média mais cara de aluguel, no valor de 1.148 dólares canadenses por mês, também fica em Ontário e se chama Richmond Hill, e a mais barata, no valor de 459 dólares canadenses, fica em Trios-Rivieres, em Quebec. Para ver a lista completa e todos os gráficos produzidos na pesquisa, clique aqui.

Além do preço do aluguel, é preciso pagar as utilities, que são as outras despesas do imóvel, como água, energia elétrica, aquecimento, TV a cabo e internet. Em alguns imóveis, geralmente apartamentos mais novos, esses gastos já estão inclusos no aluguel; em outros, não. Nesses casos, além do valor do aluguel, ainda é preciso pagar todas essas contas separadas para os devidos fornecedores.

laundry-413688_960_720
Foto: https://pixabay.com/

Outro quesito importante ao escolher um imóvel é ver se o local permite animais de estimação. Achar um apartamento/casa chamado pet friendly ainda é um desafio no Canadá. Eu até entendo essa restrição, pois apesar de amar minha cadela, eu sei quanta bagunça ela pode fazer. Tenha isso em mente ao procurar o lugar ideal, caso planeje trazer seu amigo de quatro patas para terras canadenses.

 

Compartilhe!
0
YOU MAY ALSO LIKE...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *