BPM – 10 Atrações em Calgary

ELISABRENNERcalgaryLeave a Comment

Para quem não sabe ainda, eu sou colunista colaboradora do blog Brasileiras Pelo Mundo, um blog super legal e completo, em que mulheres de diversos países do mundo escrevem para contar as suas experiências em diversos planos da vida, desde a maternidade e adaptação das crianças em um país novo, até sobre questões políticas um pouco mais polêmicas. No mês de março saiu um texto meu em que eu falo sobre algumas atrações da cidade de Calgary, Alberta

O Canadá é o segundo maior país do mundo; perdendo apenas para a Rússia, ele possui uma área de 9.976.139 quilômetros quadrados. A maioria dos canadenses (80%) vive em cidades. De acordo com as estimativas de 2002, 34% da população vive nas três maiores cidades: Toronto, Montreal e Vancouver, localizaras nas províncias de Ontario, Quebec e British Columbia, respectivamente. Por esse motivo, as outras províncias Canadenses acabam ficando um pouco esquecidas.

Eu moro em Edmonton, capital da província de Alberta, mas já viajei bastante por aqui. A última cidade que fomos conhecer foi Calgary, localizada a 295 km ao sul de Edmonton. Calgary é a terceira maior cidade do Canadá, maior cidade da província e quinta maior região metropolitana do país. Fundada em 1875, é um enorme centro financeiro e comercial, onde estão localizadas as sedes das maiores empresas de petróleo do país e do mundo.

Calgary está localizada a apenas 80km das montanhas rochosas e a 126km da cidade de Banff. Em alguns pontos mais altos da cidade, é possível ver os picos de algumas montanhas mais próximas.

Calgary tem vários pontos turísticos. O mais famoso deles, e cartão postal da cidade, é a Calgary Tower. A torre fica a 1228m acima do nível do mar e tem 191m de altura (o equivalente a um prédio de 60 andares), um deck panorâmico de 360° e é toda feita de aço e ferro. No topo da torre está localizado um restaurante giratório, Sky 360 Restaurant. O preço para subir na torre é bem salgado, $18 o ingresso adulto, mas se for almoçar – ou quem sabe jantar – no restaurante, não precisa pagar para subir.

Bem próxima à torre fica a Stephen Avenue, que em alguns horários do dia é fechada para carros e se torna um paraíso das compras, cheia de lojas, 9 shoppings, lar dos melhores bares e restaurantes de Calgary e local para se ver muitos artistas de rua. Nos horários de pico, chegam a ter de 5mil a 10mil pedestres passeando por lá.

O centro da cidade é cheio de bares, pubs, restaurantes, centros comerciais, shoppings, praças públicas e esculturas. O rio Bow River corta a cidade em norte e sul. Próximo ao centro da cidade está localizado o Prince Island Park, um parque de aproximadamente 20 hectares, ligado ao bairro Eau Claire por três pontes. A ponte mais famosa e mais recente é a Peace Bridge, construída em 2012 com o objetivo de acomodar o crescente fluxo de pedestres e ciclistas no centro da cidade.

Calgary foi a primeira cidade do Canadá a sediar as Olimpíadas de Inverno, em 1988. Para sediar os jogos, foi construído na época no Canada Olympic Park. Atualmente o local é aberto ao público durante o ano inteiro. No inverno, é possível praticar esportes como Downhill, Snowboard e Cross-Country Skiing e, no verão, ciclismo e tirolesa. Ainda no clima olímpico, na mesma época foi construído no centro da cidade o Olympic Plaza, um enorme parque usado para as premiações e entrega de medalhas. Atualmente o local é super agradável para piqueniques e passeios com a família.

O Olympic Saddledome é o estádio mais famoso da cidade, com capacidade para 20 mil espectadores, e é nele que acontece o famoso Calgary Stampede, considerado o maior rodeio do mundo, que existe desde 1912, realizado na primeira semana de julho. O evento reúne peões de diferentes países em competições de montaria e laço. Eles disputam um prêmio total no valor de 775 mil dólares canadenses. O primeiro lugar, inclusive, já foi conquistado pelo brasileiro Adriano Moraes, em 1994.

Outra atração é o Parque de Exposições de Stampede, que fica aberto para visitação durante o ano inteiro. Mesmo que a visita à cidade seja fora da festa dos cowboys, vale a pena incluir o parque no programa. Lá estão pistas de corridas de cavalo, rinques de hóquei sobre o gelo, instalações para eventos e feiras.

Calgary também é famosa pelos vários museus. O mais famoso e maior museu do lado oeste do Canadá é o Glenbow Museum, localizado no centro da cidade, com mais de 93 mil pés quadrados (8.600 m²) de espaço para exposições, em mais de 20 galerias, expondo uma seleção da coleção do Glenbow de mais de um milhão de objetos.

Outro museu famoso é a Lougheed House, construída em 1891 para ser a moradia da família do Senador Lougheed. A casa hoje é um patrimônio histórico do país. Ao longo da história, a casa já foi residência, centro e treinamento para mulheres, base feminina militar e até uma clínica para doações de sangue. No ano 2000, a casa foi restaurada e transformada em museu.

Por fim, mas não menos importante, o Calgary Zoo é o zoológico mais visitado do Canadá e casa de mais de 130 espécies de animais de diferentes locais do globo. São vários tipos de insetos, aves, répteis e mamíferos. A atração mais famosa do local são os cangurus e coalas australianos.

Compartilhe!
0
YOU MAY ALSO LIKE...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *