Como eu consegui um emprego em um escritório de advocacia

ELISABRENNERCanadá6 Comments

Realizar sonhos é possível e digo por experiência própria. Em 2015 eu realizei o sonho de me mudar para o Canadá, em 2016 realizei o sonho de cursar um College no exterior e em 2017 realizei o sonho de conseguir um emprego na minha área. Essa frase parece tão utópica que eu até tenho medo de dizer, eu consegui um emprego na minha área.

Calma que eu não estou advogando aqui no Canadá. Eu consegui um emprego nível super iniciante em um escritório de advocacia, um summer job.

Como eu disse no post anterior, é no verão que os jovens mais trabalham, primeiro porque estão de férias da faculdade, segundo porque precisam de dinheiro para pagar a tuition – a mensalidade. A corrida para conseguir um summer job começa no inverno, final de janeiro.

É claro que os empregos mais concorridos e melhores são os mais difíceis de conseguir, e a maioria deles são nos órgãos federais e estaduais. O mais famoso do país é o FSWEP – Federal Student Work Experience Program – que é um programa do governo que oferece vagas de emprego full time para estudantes dentro do serviço público federal.

Para se cadastrar existem alguns requisitos, como ser um estudante full time em alguma universidade ou college canadanse, estar retornando como estudante full time no próximo ano letivo (que começa em setembro) e ser maior de idade. O requisito de ser cidadão canadese existe com uma exceção, não cidadãos podem aplicar e até serem chamados para entrevista, mas a preferência será concedida aos cidadões canadense.

As incrições são abertas todos os anos no início de Janeiro e são diversas áreas e vagas disponíveis, como administração, agricultura, contabilidade, direito, TI, polícia e muitas outras. As vagas de emprego existem em mais de 300 cidades do Canadá, em escritórios, fazendas, laboratórios, parques e sites históricos.  E como somos um país bilingue, as vagas também se dividem em inglês, francês e bilingue.

O salário varia entre $10.34 e $24.59 por hora. Segundo o banco de dados do site, em 2015,  7 041 dos 48 120 estudantes que aplicaram, foram contrados. Depois de aplicar, os seus dados ficam guardados por até dois anos e ainda existe uma chance de ser contratado.

Em fevereiro eu apliquei para uma das 4 vagas do Departamento de Justiça de Edmonton. Em março eu fui entrevista, mas infelizmente porque não sou canadense, a preferência foi dada a outra pessoa e eu não consegui o emprego.

É claro que eu fiquei muito revoltada e bem triste, mas infelizmente não havia nada que pudesse ser feito. Algumas semanas depois de sofrer com a rejeição, lembrei que sou brasileira e não desisto nunca e comecei a disparar currículo para todos os escritórios de advocacia da cidade.

Também mandei meu currículo para algumas vagas de emprego postadas no site Indeed, foram mais de 15 currículos enviados e três entrevistas, até que uma deu certo. Recebi uma oferta de trabalho como Summer Student em um escritório de advocacia e eu não poderia estar mais feliz.

Como qualquer outro imigrante, eu começei em um “”””sub-emprego”””” (muitas aspas porque esse termo ridículo não existe por aqui, e todo emprego é digno e bem reconhecido) e depois de 8 meses lavando louça, limpando o chão, fazendo sanduiches e preparando café, eu finalmente troco o meu avental por um terninho, com muito orgulho, humildade e determinação.

Não existem fórmulas mágicas para conseguir um emprego dentro da sua área aqui no Canadá, existe muito esforço, dedicação, humildade e um pouco de sorte. Mas, se você está precisando de algumas dicas, não deixe de ler esses posts da Priscila em que ela dá várias dicas de como conseguir um emprego no Canadá e também fala sobre a importância do LinkedIn 

Compartilhe!
0
YOU MAY ALSO LIKE...

6 Comments on “Como eu consegui um emprego em um escritório de advocacia”

  1. EDUARDO MIRANDA DE SOUZA

    Elisa, meus parabéns… É uma conquista e tanto e só vai agregando a sua experiência no Canadá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *