Curiosidades culturais Canadenses

ELISABRENNERbrasileiras pelo mundo6 Comments

Para quem não sabe ainda, eu sou colunista colaboradora do blog Brasileiras Pelo Mundo, um blog super legal e completo, em que mulheres de diversos países do mundo escrevem para contar as suas experiências em diversos planos da vida, desde a maternidade e adaptação das crianças em um país novo, até sobre questões políticas um pouco mais polêmicas.

No mês de maio saiu um texto meu em que eu conto um pouquinho sobre algumas curiosidades culturais do Canadá. Vale a pena dar uma lida e conhecer um pouco mais sobre essa cultura incrível.

*texto originalmente publicado em Brasileiras Pelo Mundo:

O povo canadense é bastante diferente do povo brasileiro, vivendo aqui há pouco mais de seis meses, eu já me adaptei muito bem com várias diferenças culturais. Há muito o que aprender, e não tem outra opção senão realmente adaptar e criar hábitos novos para se enturmar e se misturar, por isso é importantíssimo conhecer a cultura daqui.

Hábitos Alimentares

O Canadá é um país multicultural e que está acostumado com a imigração de vários povos, por isso é comum encontrar restaurantes super variados e especializados em comidas do mundo inteiro.

Por causa da correria do dia-a-dia, muitas pessoas não conseguem almoçar em casa todos os dias, e por isso é muito comum que as pessoas levem marmitas para o trabalho ou escolas. E isso faz com que o jantar se torne a refeição principal e o momento em que as famílias se encontram e socializam, este também costuma acontecer bem cedo, por volta das 18h.

Bebidas Alcóolicas

Em todo o Canadá, exceto na província de Quebéc, só é possível comprar bebidas alcóolicas em locais especializados, conhecidos como liquor stores. Também existem leis bem restritivas quanto ao consumo de álcool, como por exemplo ser proibido beber em locais públicos (praças, parques, praias). Mas isso não desestimula o amor pela cerveja, que tradicionalmente é servida em temperatura ambiente (leia-se quente). Os canadenses amam cerveja e mesmo no inverno acontecem vários festivais, os Beer Festivals.

bebendo

Do it Yourself

Tudo aqui gira em torno dessa expressão, que é o famoso faça você mesmo. Desde limpar a própria casa, fazer pequenos consertos domésticos, até montar os próprios móveis e fazer a própria mudança. O povo canadense é muito independente e isso começa desde cedo, por isso as crianças ajudam com as tarefas de casa, pegam ônibus sozinhas para escola e até entram no mercado de trabalho bem cedo.

Rigor com o horário

Os canadenses herdaram a pontualidade britânica e tudo aqui começa estritamente no horário marcado: reuniões, festas, shows, ônibus e trens passam exatamente na hora indicada. Se atrasar é algo extremamente rude. Outra curiosidade é que os eventos começam bem cedo, as festas geralmente começam por volta das 18h e por isso, elas também terminam cedo, mesmo as boates e casas noturnas já estão fechadas por volta das 2:30 da manhã.

Mantenha distância

Diferentemente do Brasil, os canadenses não têm o costume de abraçar e se cumprimentar com beijinhos, apenas um aceno de cabeça e no máximo um aperto de mão. Eles sempre respeitam o espaço do outro, mesmo nos metrôs, é comum manter uma certa distância. Essa “distância” se aplica também na maneira de conversar, dificilmente um canadense – que não tenha muita intimidade – irá lhe fazer alguma pergunta pessoal demais. Eles são muito discretos e reservados.

Polidos demais

De modo geral os canadenses são muito educados. Tem uma coisa que me impressiona todos os dias, aqui as portas dos lugares públicos são muito pesadas, para ajudar a barrar o vento no inverno, então, como cortesia, algumas pessoas seguram as portas abertas uns para os outros. Outra coisa muito comum aqui é a cultura do sorry. Os canadenses têm mania de pedir desculpas para tudo, algumas pessoas até brincam que você não é canadense até você aprender a se desculpar por tudo, até mesmo por algo que não é realmente culpa sua.

Trânsito

O trânsito daqui é bastante organizado sendo que pedestres sempre têm prioridade, desde que estes respeitem os semáforos e mesmo que não tenha nenhum carro nas ruas, é muito comum ver pedestres  nas faixas e aguardando o sinal verde para atravessarem. As calçadas são largas, limpas e acessíveis a cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida. As cidades são equipadas com muitas ciclovias e os ciclistas respeitam a sinalização como os carros.

50e79454-5122-4d3e-b3c8-99d8f4fe343f

Aqui existe a regra da “direita livre”, que permite que os motoristas virem à direita mesmo com o semáforo vermelho.

Supermercados

Para usar um carrinho de supermercado, em muitos lugares é preciso colocar uma moeda de $1,00 para ter acesso, que será devolvida posteriormente no ato de devolução do mesmo. Em muitos lugares (não só em supermercados, mas lojas e farmácias também) as sacolinhas de plástico são cobradas, de $0,05 a $ 0,10 por unidade, por isso é muito comum que as pessoas carreguem consigo ecobags, que são sacolas reutilizáveis. Nos mercados maiores, sempre tem uma área que o próprio cliente escaneia as suas compras e efetua o pagamento sozinho, e em muitos estabelecimentos existe uma pessoa para empacotar as suas compras.

Escadas rolantes

No Canadá existe uma regrinha para usar a escada rolante, se você for ficar parado, deve sempre ficar do lado direito e deixar a esquerda livre para aqueles que estão com pressa e irão andar pela escada.

escada

Taxas e gorjetas

O valor das coisas nas prateleiras são livres de qualquer taxa ou imposto, estas serão adicionadas no final, no próprio caixa. A quantidade de taxas depende da província na qual você está. Em restaurantes, na conta final não é adicionado o percentual do garçom, porém “é esperado” que se pague uma gorjeta, que varia entre 15% e 20%, dependendo do seu nível de satisfação com o serviço.

Compartilhe!
0

6 Comments on “Curiosidades culturais Canadenses”

  1. Lorena

    Oi Elisa, acabei de ver seu comentário no Blog “Gabynocanada”, que é um blog que eu acompanho desde 2011, e vim dar uma olhada no seu blog. Resultado… estou amando! E amei muitas coincidências também. Formei em Direito também, só que em dezembro de 2013, e assim como você nunca me identifiquei com a profissão. Formei na Uni-anhanguera (sim sou de Goiânia hahahaha). Entre muitas das minhas paixões, o Canadá está no topo, sou apaixonada por este país. Tive o prazer de conhecê-lo por três vezes, na última vez “morei” por três meses, em Toronto. Voltei ainda mais apaixonada. Parabéns pela sua mudança e pelo blog. Estarei aqui sempre hahahah! Beijos!

    1. ELISABRENNER

      Oi Lorena! Que legal! Fico tão feliz de você ter achado meu blog “por acaso”, lido, gostado e ainda se identificado tanto hahahaha Realmente muitas coincidências! Esse país é realmente incrível, só quem já passou ou morou por aqui entende essa paixão inexplicável, né?! Obrigada pela visita e pelo comentário! Volte sempre! E se vier turistar mais uma vez por aqui, me dá um alô hehehe beijos

      1. Lorena

        Verdade, o Canadá é puro amor! E obrigada você por compartilhar suas experiências. Estou encantada com o seu blog, não me aguentei até ler todos os posts lol… Amei saber que, assim como eu, existe mais alguém que também não gosta de Goiânia (por diversas razões, ela não me conquista hahahaha). Quem sabe um dia a gente não se encontra por aí, né? Eu e meu marido (que por sinal é Bruno também hahaha) esperamos voltar em breve. Um Beijo enorme!

        1. ELISABRENNER

          Seu marido também chama Bruno?! Meu Deussss! Você é minha irmã gêmea perdida? Kkkkk eu costumo brincar que todas as mulheres têm, tiveram ou terão um Bruno na vida delas! Seja como amigo, namorado, marido ou até parente próximo kkkkk os Brunos são os melhores! Hahahahah mais uma Goiana que não gosta de Goiânia! Aô cidade ruim 😂😂 fico tão feliz em saber que você teve paciência de ler tudo kkkkk e ainda gostou 🙌🏼🙌🏼 obrigada! Me dá motivações em continuar escrevendo! Ah, quando vierem eu e o (meu) Bruno aguardamos uma visita aqui na Goiânia do Canadá (eu juro que Edmonton parece tanto Goiânia que parece perseguição! Vou acabar fazendo um post sobre isso) hehehe Beijão!

    1. ELISABRENNER

      Oiii,
      Fico feliz que tenha gostado! Obrigada!
      A foto é daqui de Edmonton! Essas pirâmides são do museu Muttart Consevatory! Lindo né?! Mas não fui eu quem tirou a foto hehehe ela é daquele síntese fotos gratuitas (pixabay.com)
      Beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *