Nossa viagem a Toronto – Parte 3

ELISABRENNERSobre mim2 Comments

No terceiro dia de viagem (não deixem de conferir as nossas aventuras do primeiro e o segundo dia) fomos conhecer as cidades de Niagara-on-the-lake e Niagara Falls, que ficam a mais ou menos a 130km de Toronto – pela rodovia Queen Elizabeth Way (QEW). Alugamos um carro e saímos bem cedo, o trânsito não ajudou muito, porque verão é sinônimo de reforma e construção, mas conseguimos chegar na cidadezinha de Niagara-on-the-lake por volta das 10 a.m.

Niagara-on-the -lake é uma cidadezinha com pouco mais de 20 mil habitantes localizada ao sul da província de Ontário. A cidade é localizada bem na região em que o Rio Niagara desagua no Lago Ontário, por isso foi militarmente importante durante a Guerra de 1812.

IMG_4499

No encontro das ruas Simcoe St. e Front St., dentro do Niagara-on-the-lake Golf Club fica o Fort Mississauga, que é considerado um sítio histórico canadense.

IMG_4498

Fomos até conhecer, mas não existe acesso para turistas ou qualquer outra facilidade. O que vale a pena mesmo é cruzar um pequeno túnel localizado ao fundo do forte e chegar às margens do Lago Ontário, onde nos dias limpos, dá para ver Toronto a distância.

IMG_4497

IMG_4496

De lá demos uma volta de carro bem rápida pela cidade, porque não encontramos estacionamento em lugar algum – achei a cidade muuuito fofa, parece que saiu de um conto de fadas, super pequena, florida, cheia de cafés, lojinhas e restaurantes. Tem até um relógio – desculpem a péssima qualidade das fotos 🙁

IMG_4495

De lá seguimos para o Fort George, que é outro forte da região. Meu tio ficou encantado com o lugar, disse que se parece muito com os brinquedos de forte apache que costumava brincar quando criança. O Fort George é bem maior e mais interessante que o outro citado anteriormente, lá tem uma enorme estrutura para turista, com banheiros e lojinhas, e também é aberto para visitação.

IMG_4490

Infelizmente não entramos para conhecer porque o tempo estava corrido.. mas se você estiver por ali e tiver a oportunidade, não deixe de entrar!

IMG_4491

Nossa próxima parada foi na famosa vinícola Peller Estates, que é uma das mais famosas da região. A Peller Estates existe desde 1969 e já ganhou vários prêmios, como o de melhor vinho canadense.

IMG_4489

IMG_4486

A vinícola é enorme e super completa; ela oferece vários tipos de passeios diferentes para todos os gostos. Nós fizemos o mais tradicional que chama Gratest Wine Tour, eu achei super interessante e barato ($15 por pessoa) e dá direito a um passeio guiado pela vinícola, parando em três estações de degustação diferentes, incluindo a entrada no freezer do icewine.

IMG_4484

IMG_4494

A experiência do icewine é simplesmente indescritível! Imaginem sair de uma temperatura de +33C, vestir um casaco fornecido pela vinícola e entrar literalmente num freezer a -10C – chamado de Icebar? Tudo isso porque o icewine é um vinho super exótico e deve ser mantido a essas temperaturas abaixo de zero durante todo o processo de colheita das uvas e fabricação do vinho. O resultado é fantástico, o vinho é bem doce e muito gostoso.

IMG_4482

A Peller Estates também possui três restaurantes de chefes renomados, loja de vinhos e lembranças e muitos outros atrativos.

IMG_4487

IMG_4488

thumbnail_IMG_4849

De lá seguimos pela Scenic Rout Niagara Parkway, essa rodovia percorre ao lado do Rio Niagara e liga as cidades de Niagara-on-the-lake e Niagara Falls, esse trajeto tem quase 30k de extensão.

IMG_4483

A vista que se tem dela é realmente linda, de um lado casas e cottages e do outro o tortuoso Rio Niagara. Existem alguns pontos para parada e alguns mirantes que garantem uma vista maravilhosa.

IMG_4480

Chegando em Niagara Falls o maior obstáculo é encontrar um estacionamento. Nem perca seu tempo procurando estacionamento de graça, a não ser que você esteja hospedado em algum hotel que ofereça esse serviço. A cidade em si é bem legal, parece um parque de diversões, cheia de Cassinos, lojas, restaurantes, e até brinquedos.. isso mesmo! A Clifton Hill que é a rua principal tem vários atrativos para crianças, como Castelo do Drácula, roda gigante e outros brinquedos no mesmo estilo.

niagara city

Dica: Para quem não está viajando com crianças, uma boa dica é almoçar no Cassino Niagara, no restaurante Market Buffet eles servem almoço (das 11a.m. às 4 p.m. por $17) e jantar (das 4p.m. às 10p.m. por $20) no estilo à vontade e inclui bebida e sobremesa. São tantas opções e pratos diferentes que dá pra se acabar de comer e gastar pouco.

IMG_4479

O maior atrativo das cidade, com certeza são as falls – cascatas, que ao contrário que  muita gente pensa são duas quedas d’água. O Rio Niagara marca a fronteira do Canadá com os Estados Unidos, e as cachoeiras na verdade pertencem ao queridinho da América, mas a vista mais bonito, sem dúvidas, é nossa.

IMG_4481

Além da vista maravilhosa das cataratas, tem muita coisa para se fazer, como por exemplo fazer o Hornblower Cruise que é um cruzeiro que vai pertinho da queda d’água, fazer um passeio de helicóptero pela região, descer de tirolesa até as margens do rio Niagara, almoçar com uma vista indescritível no topo da Skylon Tower e muito mais, para saber mais informações e outros passeios, clique aqui.

niagara

Demos apenas uma volta rápida pela cidade de Niagara Falls e já voltamos para a rodovia, para voltarmos para Toronto.

 

 

 

Compartilhe!
0
YOU MAY ALSO LIKE...

2 Comments on “Nossa viagem a Toronto – Parte 3”

  1. Pingback: Kootenay National Park - Casei e Mudei

  2. Pingback: Nossa viagem a Toronto - Parte 4 - Casei e Mudei

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *