Nossa viagem a Toronto – Parte 4

ELISABRENNERCanadá1 Comment

O nosso quarto e último dia em Toronto começou um pouco mais tarde (clique aqui para conferir a parte 1, parte 2 e parte 3), estávamos um pouco cansados da viagem a Niagara Falls do dia anterior.. Depois do café da manhã, pegamos o metrô e fomos até a Union Station, de lá caminhamos um pouco pela Bay Street no sentido sul até o Ferry Docks Terminal, que fica no cruzamento da Bay St. com a Queens Quay.

IMG_4845

Lá pegamos um ferry até a Centre Toronto Island. Os ferrys são a forma de transporte mais barata até as ilhas de Toronto. A passagem de ida e volta custa apenas $7,50 por pessoa, para outras informações de horários e outros valores, clique aqui.

IMG_4843

 

Ao total são três ilhas, mas a principal, como o nome sugere é a Centre Island, e é lá que estão as principais atrações, como parque de diversões para crianças, praias, jardins, lagos…

IMG_4844

…e até um farol, o Gibraltar Point Lighthouse, que é uma das construções mais antigas da cidade de Toronto e ajuda a guiar marinheiros há mais de 150 anos, e como uma boa obra antiga, também tem um mistério, que é a respeito da morte de Radan Muller, um dos guardiões do farol, morto em 1812.

IMG_3260

O farol é bem legal mas só vale a pena ir conhecê-lo se for de bike – é possível alugar bicicletas e quadriciclos na ilha principal – a caminhada até ele é muito comprida e cansativa.

IMG_3261

 

O melhor da ilha, na minha opinião é a vista de se tem da cidade de Toronto.

IMG_4602

Pegamos o ferry e de volta ao continente, caminhamos pela Queens Quay St. até a Lower Sincome e ali fomos no sentido norte até a CN Tower. Já estava na hora do almoço e estávamos morrendo de fome, ainda bem que tínhamos feito reserva para o 360 restaurant, que fica no topo da CN Tower a 351 metros de altura.

IMG_4661

Dica: como é verão, a fila para entrar na CN Tower estava enorme – mais ou menos 1 hora de espera só para entrar, e mais muito tempo na fila para pegar o elevador- como nós tínhamos reservas, pulamos toda a fila e subimos em um elevador privativo até o restaurante.

IMG_3252

IMG_4839

O restaurante é giratório e todo de vidro, então a vista que se tem da cidade e do lago Ontário são de tirar o fôlego. Eu achei o preço bem razoável, o almoço de 2 pratos (entrada e prato principal) é $56, sendo que só para subir na torre e ainda ter que ficar em todas as filas é $32.

IMG_4660

IMG_4840

Gostamos bastante da comida, mas não muito do atendimento, nossa garçonete foi extremamente grossa e impaciente.. então, economizamos mesmo na gorjeta e aí que ela ficou brava hahaha foi mal, aí querida!

De lá fomos até o Ripley’s Aquarium, o enorme aquário localizado no coração de Toronto, aos pés da CN Tower. O aquário abre todos os dias do ano, das 9 a.m. às 11 p.m. e o valor da admissão é mais ou menos $32 com as taxas. O aquário é muito lindo, tem um túnel de vidro que dá pra ver os peixes e tubarões de bem perto.  O nosso passeio pelo aquário durou mais ou menos 1h e meia.

IMG_4838

De lá voltamos para a Union Station e pegamos o metrô até a Queen Station, que já fica bem perto do Eaton Centre, o maior shopping da cidade. Nós apenas passamos por lá para conhecer e dar uma voltinha, sem a menor intenção de gastar dinheiro. Para saber todas as informações sobre horários de funcionamento, estacionamento e outros, clique aqui.

eaton

A nossa última parada do dia foi a Nathan Phillips Square, onde ficam localizadas as duas prefeituras de Toronto, a antiga, conhecida por Old City Hall que levou 20 anos para ser construída, ficando pronta apenas em 1899 e sendo considerada na época, o maior prédio de uso do Governo Municipal de toda a América do Norte. Cem anos depois foi o prédio foi declarado Patrimônio Histórico do Canadá.

thumbnail_FullSizeRender

O atual prédio da prefeitura, também localizado nessa mesma praça, é super moderno e não tão interessante quanto o outro. É lá que funcionam alguns serviços e burocracias do governo.

IMG_4605

 

 

Compartilhe!
0

One Comment on “Nossa viagem a Toronto – Parte 4”

  1. Pingback: Kootenay National Park - Casei e Mudei

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *