Quando optamos por nos tornarmos vegetarianos

ELISABRENNERSobre mim1 Comment

Eu nunca fui muito fã de carne vermelha e há um ano atrás quando comecei a me consultar com uma nutricionista e a seguir uma dieta, eu praticamente eliminei a carne vermelha do meu dia-a-dia. Eu só consumia carne vermelha magra (alcatra ou patinho), às vezes nos fins de semana, outras carnes (de vaca e de porco) já estavam na minha zona “fora de cogitação”. Com o passar dos meses, eu fui vendo resultado no meu corpo (fui de 27% de gordura para 15%) e a minha alimentação se resumia a frango e peixe, e eu me adaptei a isso, não sentia falta de outro tipo de carne.

Eu sempre quis ser vegetariana, por dois motivos :por compaixão aos animais e pelo fato de que nós não precisamos de carne animal para viver, nós podemos obter todos os nutrientes e vitaminas necessárias através dos vegetais. A única coisa que me faltava era a iniciativa de realmente colocar isto em prática. Eu morava com a minha mãe e como era ela quem fazia as compras de supermercado, eu não podia palpitar muito. Sem falar que morando em Goiânia, as alternativas eram muito escassas, tanto no supermercado quanto nos restaurantes.

Quando nos mudamos para o Canadá, eu vi a oportunidade aparecer. Aqui sou eu que faço as compras semanais no supermercado, então eu posso escolher exatamente aquilo que eu vou comer. Também sou eu que cozinho o meu almoço, lanches e jantar, o que é mais uma oportunidade para eu fazer as minhas escolhas vegetarianas.

E ainda, aqui no Canadá, as alternativas de alimentos vegetarianos e veganos são enormes, tanto nos supermercados quanto nos restaurantes (aqui todo restaurante tem pelo menos uma opção vegetariana).

Mas o que realmente me fez ser firme na minha decisão foi o documentário Cownspiracy

Ele é um documentário diferente de todos que eu já tinha visto porque ele não mostra maus tratos aos animais, o que ele aborda são as verdades sobre as indústrias que sustentam o mercado de carne animal e investiga o porque as entidades de proteção ambiental (Greenpeace, WWF e outras) tem tanto medo de expor essa verdade. E ainda explica os danos que a agricultura animal vem causando ao meio ambiente, como o consumo exagerado de água, poluição, destruição de florestas, espécies em extinção. No final, ainda explica que a solução para todos esses problemas é muito óbvia, que toda a humanidade se tornasse vegana.

E foi a partir daí que eu e o Bruno decidimos nos tornar vegetarianos, começamos dia 18 de setembro (exatos 2 meses atrás), nós cortamos todos os tipos de carne vermelha e embutido. Nós optamos por ir devagar, ir cortando os produtos animais aos poucos, nada que é muito radical faz bem. Não somos vegetarianos ainda, porque ainda consumimos frango e frutos do mar, mas já demos o primeiro passo.

Eu tenho tido mais facilidade, sempre que saímos eu sempre escolho alguma opção vegetariana, e eu só como peixe ou frango no máximo 3 vezes por semana. Essa nova alimentação tem me feito tão bem, me sinto leve.

O site do documentário Cownspiracy propôs um desafio de 30 dias para se tornar vegano e oferece vídeos informativos e educativos, e ainda podcasts para ajudar nessa transição, lista de alimentos e receitas, tudo de graça. Estou me inscrevendo agora, desafio a todos vocês a tentarem também.

Ser vegano não deve ser encarado como uma punição, você não vai se privar de alimentos que gosta, mas irá encarar a vida e os alimentos com uma nova perspectiva e irá caminhar para uma vida muito mais saudável e mais benéfica para você e para todo o meio ambiente. Não é só porque nós não conseguimos mudar o mundo que não devemos fazer nada, qualquer atitude em prol de um mundo melhor é um ato de amor.

Alguns alimentos veganos que eu já consumo (por aqui essas podem ser encontradas em qualquer supermercado)

FullSizeRender

Essa marca GO VEGGIE tem diversos tipos de queijos feitos de arroz e soja, o sabor é muito parecido com o queijo feito de leite de vaca.

FullSizeRender[1]

Essa marca Yves é bem popular e tem muitas opções veganas

FullSizeRender[2]

veggie balls, são muito gostosas

FullSizeRender[3]

meu leite preferido, leite de amêndoas, super leve e super gostoso.

Compartilhe!
0
YOU MAY ALSO LIKE...

One Comment on “Quando optamos por nos tornarmos vegetarianos”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *