Viagem ao Uruguai – De volta à Montevidéu

ELISABRENNERViagem1 Comment

Nesse mês de fevereiro fomos conhecer o Uruguai. Já contei nesse post aqui sobre o nosso primeiro dia em Montevidéu e nesse outro post sobre a visita à cidade de Colônia Del Sacramento e nesse post contei sobre a nossa visita à Punta Del Este.

No nosso quarto dia de viagem pelo Uruguai, como era domingo, aproveitamos para acordar mais tarde e para conhecer a feira Tristan Narvaja, uma feira enorme no centro de Montevidéu.

A feira começa na avenida 18 de Julho e segue por vários quarteirões na rua Tristan Narvaja. A feira tem de tudo que você conseguir imaginar. Sério. Eu nunca vi tanta coisa junta e misturada.

Vimos desde comida, bebida, até roupas (novas e usadas), sapatos, móveis, artigos de decoração e antiguidades, brinquedos e muito mais. Muitas pessoas não tinham nem barracas de feira e estavam expondo os objetos à venda no chão.

Nesse dia estava muito calor (por volta dos 40°C) e ficamos impressionadas com a quantidade de gente tomando chimarrão quente. Acabamos não demorando lá e já seguimos para a famosa praia Los Pocitos.

É nessa praia que fica o letreiro de Montevidéu e é claro que paramos para tirar foto. Apesar do calor, ninguém estava muito a fim de pegar praia então seguimos até o shopping Punta Carretas que graças a Deus tinha ar condicionado e estacionamento coberto.

O prédio que hoje é o shopping Punta Carretas foi construído em 1915 e funcionou até 1992 como um presídio e depois de varias fugas e motins, resolveram fechar o presídio e transforma-lo em um shopping.

O shopping é bem bonito e moderno e dispõe de várias lojas e até um supermercado. Ficamos lá algumas horas e seguimos até o farol de Punta Brava, localizado bem próximo ao shopping.

O farol foi construído em 1948 e fica na área mais ao sul do Uruguai. É possível subir no farol e ter uma vista linda de Montevidéu por $30 pesos (cerca de $5 reais).

De lá seguimos para o centro político de Montevidéu, a Praça da Independência. A Praça separa a cidade velha do centro comercial de Montevidéu. A Praça é cercada de prédios importantes como o Palácio Salvo, construído em 1830.

Ao centro da Praça está o Mausoléu das Artigas. Construído em 1977 para o herói Uruguaio, José Artigas.

E do lado oposto está a Porta da Cidadela, que é o que restou das muralhas que cercavam Montevidéu, derrubadas em 1829.

Bem próximo dali também está outro prédio famoso, o Teatro Solis, inaugurado em 1856. Atualmente usado para shows de ópera, ballet, concertos de música e outros eventos.

Terminamos o dia caminhando pela rua Sarandí, uma rua com acesso apenas para pedestres cheia de lojas, restaurantes e museus. Pelo caminho vimos o museu dedicado ao artista cubista Torres Garcia, inaugurado após a sua morte em 1949.

One Comment on “Viagem ao Uruguai – De volta à Montevidéu”

  1. Pingback: Casa Pueblo - Uruguai - Casei e Mudei

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *